Hoje eu sorrio. Eu tenho motivos. Tenho sim, já passei por muita coisa, já senti muita coisa e guardei só pra mim quando percebi que ninguém queria saber ou apenas me ouvir. Já tive muitas recaídas, pensamentos negativos, mas me diz, “Quem nunca teve?” Já cheguei ao ponto de achar que eu nunca ir ser o suficiente para ninguém, de não acreditar em ninguém. Já cheguei ao ponto de chorar baixinho para ninguém ouvir, ao ponto de dizer “Eu não quero mais viver, eu desisto.” Já prometi para mim mesma que seria forte. Fiz promessas para mim mesma. Era necessário. Por que vi, que me magoei por tão pouco que nada disso era necessário, me auto-julguei, só fiz mal a mim mesma. Hoje eu tenho motivos para sorrir não é? Eu sou forte. Eu não desisti de tudo. Eu lutei contra mim mesma. E hoje sorrio, nem que seja para disfarçar a dor, mas sorrio.

(Fonte: lovem-3)

Ler mais